quinta-feira, setembro 29, 2016

Avental da Beata Jacinta


No momento em que decorrem 100 anos das aparições de Fátima encontram-se expostas no Santuário um conjunto de relíquias relacionadas com a história deste templo mariano.

Não podia deixar de fazer referência a uma peça de indumentária ai exposta. Um simples avental que pertenceu à Beata Jacinta.

Trata-se de uma peça de riscado, de fundo branco e listas castanhas. No fundo é adornado com um folho pregueado ao qual falta um pedaço e possui um pequeno bolso do lado direito, também ele pregueado.

Genericamente esta peça encontra-se em excelente estado de conservação.

Quanto à sua história. Efetivamente existem várias imagens em que se vê a beata Jacinta envergando este avental, sozinha ou acompanhada do irmão, Francisco, e da prima Lucia, ambas trajando de forma igual, ou seja, com blusas e aventais do mesmo tecido e de feitio.

Demonstra-se assim, que estes trajes foram confecionados propositadamente para as aparições públicas dos pastorinhos, existindo um cuidado no corte, ainda que ao gosto popular, mais embelezado e cuidado, contrastando até com outras imagens conhecidas, em que o traje é mais sóbrio e simples.




 

quinta-feira, agosto 11, 2016

sexta-feira, julho 15, 2016

Peniche em exposição


"Capas, xailes e outros agasalhos alcanenenses centenários"


Inaugura dia 23 de Julho, pela 16h00, na Biblioteca Municipal Dr. Carlos Nunes Ferreira em Alcanena a exposição "Capas, xailes e outros agasalhos alcanenenses centenários".

Trata-se de uma iniciativa do Rancho Folclórico de Gouxaria contando com o precioso apoio da Câmara Municipal de Alcanena.

A exposição estará patente até final de agosto, nos dias úteis entre as 10h00 às 18h00. Combinando com o Rancho Folclórico de Gouxaria é possível realizar uma visita guiada com esclarecimentos e explicações sobre a coleção/exposição.

Não percam mais esta rara oportunidade de apreciar, de perto, alguns dos tesouros pertencentes ao vasto espólio deste grupo e que raramente podem ser vistos.

Bem hajam!


segunda-feira, junho 20, 2016

Traje de Festa – Nazaré

Mais uma vez com a ajuda do João Pedro Guardado e da sua vasta coleção recriamos dois trajes de festas utilizados pelas nazarenas nos anos 40/50 do sec xx.













terça-feira, março 15, 2016

TRAJES DE PEIXEIRA E PESCADOR DE ÁGUEDA


TRAJE DA PEIXEIRA

Traje usado pelas mulheres da zona, na venda do peixe da Pateira no mercado de Águeda.
Características: saia e blusa de chita estampada, lenço de algodão bordado nas pontas, avental de chita a contrastar com a saia, faixa preta de algodão, chapéu pequeno coberto de veludo com laço de algodão, tamancas ou chinelas sem meias.

  


TRAJE DE PESCADOR
Traje usado pelos homens da Pateira, na labuta da pesca, apanha do moliço e ceifa do gramão.
Características: ceroulas e camisa de flanela de diferentes cores, sendo a camisa de desenhos com quadrados estampados e de cor quase mais garrida do que as ceroulas, camiseta de flanela lisa mas também de cor a contrastar, faixa de algodão preta, carapuça de lã preta, meias grossas e tamancos.

Fonte: Câmara Municipal de Águeda

segunda-feira, março 14, 2016

TRAJE DE SARDINHEIRA, ÁGUEDA


Traje de trabalho usado pelas mulheres do Bairro do Barril, situado junto ao cais das Laranjeiras, na vila de Águeda – bairro dos barqueiros, pescadores, sardinheiras, etc. que viviam da faina do rio.
Características: saia de lã, tecida em tear manual, saiote de cor, saiote branco, blusa de algodão de cor, colete de estopa debruado com pano de algodão geralmente chita de cor e apertado por cordões, lenço de peito de algodão, avental de lã, tecido em tear manual caseiro e tamanquinhas.